Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Preços da indústria têm maior alta desde 2014, aponta IBGE

Preços da indústria têm maior alta desde 2014, aponta IBGE

Em agosto, os preços da indústria subiram 3,28% em relação ao mês anterior, a maior alta do Índice de Preços ao Produtor (IPP) desde o início da série histórica, em janeiro de 2014, divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta terça-feira (29). A maior elevação registrada anteriormente havia ocorrido justamente em julho, quando o índice alcançou 3,22%. O IPP mede a evolução dos preços de produtos “na porta da fábrica”, sem impostos e fretes, em 24 segmentos extrativos e de transformação

Os dados do IBGE mostram que, pela primeira vez, todas as atividades pesquisadas apresentaram alta nos preços. Os quatro setores que tiveram maior variação em relação a julho foram os das indústrias extrativas (8,43%), de refino de petróleo e de produtos de álcool (6,24%), produtos químicos (4,13%) e alimentos (4,07%). No acumulado do ano, o índice alcança 10,8%. Nos últimos 12 meses, a variação é de 13,74% – sendo que nesse período as maiores variações foram de alimentos (27,45%), equipamentos de transporte (24,66%), madeira (21,40%) e metalurgia (18,97%).

Envie seu comentário

vinte − treze =