Document
PATROCINADORES

Preços da indústria têm maior alta desde 2014, aponta IBGE

Em agosto, os preços da indústria subiram 3,28% em relação ao mês anterior, a maior alta do Índice de Preços ao Produtor (IPP) desde o início da série histórica, em janeiro de 2014, divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta terça-feira (29). A maior elevação registrada anteriormente havia ocorrido justamente em julho, quando o índice alcançou 3,22%. O IPP mede a evolução dos preços de produtos “na porta da fábrica”, sem impostos e fretes, em 24 segmentos extrativos e de transformação

Os dados do IBGE mostram que, pela primeira vez, todas as atividades pesquisadas apresentaram alta nos preços. Os quatro setores que tiveram maior variação em relação a julho foram os das indústrias extrativas (8,43%), de refino de petróleo e de produtos de álcool (6,24%), produtos químicos (4,13%) e alimentos (4,07%). No acumulado do ano, o índice alcança 10,8%. Nos últimos 12 meses, a variação é de 13,74% – sendo que nesse período as maiores variações foram de alimentos (27,45%), equipamentos de transporte (24,66%), madeira (21,40%) e metalurgia (18,97%).

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.