Document
PATROCINADORES

Seis senadores travam PEC do Sistema S no Senado

Por causa de seis senadores, a tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que altera regras para a liberação de verbas ao Sistema S foi encerrada na terça-feira (9) no Senado. Os senadores Confúcio Mura (MDB-RO), Lasier Martins (Podemos-RS), Maria do Carmo (DEM-SE), Flávio Arns (Rede-PR), Juíza Selma (PSL-MT) e Elmano Férrer (Podemos-PI) retiraram suas assinaturas da proposta que determina que dirigentes de entidades do Sistema S sejam ficha limpa e que seus salários não ultrapassem o teto do funcionalismo público (R$ 39,2 mil). O tema é alvo de fortes críticas de parlamentares ligados às instituições que compõem o Sistema S.

Por que é importante

O ministro Paulo Guedes (Economia) prometeu “meter a faca” no Sistema S, que recebe cerca de R$ 17 bilhões ao ano em tributos recolhidos sobre as folhas de pagamentos de empresas

Quem ganha

Os senadores que se opõem às mudanças no Sistema S e seus dirigentes

Quem perde

A tramitação da PEC e os brasileiros. Falta transparência na prestação de contas à sociedade por parte das empresas que compõem o Sistema S

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.