Document
PATROCINADORES

Petrobras arremata bloco de Aram no segundo dia de leilão

No leilão desta quinta-feira (7), a União arrecadou R$ 5,5 bilhões com a venda do bloco de Aram para o consórcio formado pela Petrobras e a estatal chinesa CNODC. O investimento previsto para o início da exploração na área é R$ 278 milhões. Outros blocos ofertados, que incluíam Bumerangue, Cruzeiro do Sul e Sudoeste de Sagitário, na Bacia de Santos, e Norte de Brava, na Bacia de Campos, não receberam propostas. As grandes petroleiras estrangeiras se ausentaram, com exceção da chinesa CNODC, que também arrematou a área de Búzios, em parceria com a Petrobras, no leilão ocorrido na quarta-feira (6). Sobre o desempenho abaixo do esperado, o diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, Décio Oddone, declarou que “acabou o ciclo de leilões bilionários”, argumentando que as companhias acumularam muitos ativos nas últimas licitações e que o momento é de explorar e investir no que foi vendido no passado.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.