PATROCINADORES

Pesquisa revela mudanças nos hábitos de consumo dos brasileiros

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou nesta terça-feira (14) um estudo sobre as práticas de consumo da população brasileira. Segundo a pesquisa, o percentual de pessoas que aguardavam uma promoção para adquirir produtos de maior valor, como eletrodomésticos, móveis, celulares, eletrônicos e automóveis, subiu de 64% em 2013 para 71% em 2019.



De acordo com o levantamento, quanto maior a renda da família, menor é o interesse em serviços de pós-venda, garantia e manutenção: 78% dos consumidores com renda familiar de até um salário mínimo se interessam pela questão, contra 69% dos brasileiros com renda de mais de cinco salários mínimos. A sondagem aponta que os serviços de pós-venda ganharam importância com o passar dos anos: 65% dos consumidores em 2013 consideravam o fator, frente aos 74% de 2019.



Segundo a CNI, a mudança reflete a crise econômica e a diminuição da renda, o que levaram as pessoas a adiarem a troca de produtos, recorrendo aos serviços de manutenção.

“Isso mostra toda uma mudança que vem afetando a indústria. Não adianta só entregar o produto, é preciso entregar o serviço do produto. E esse produto tem que funcionar por mais tempo”, diz Renato Fonseca, gerente-executivo de pesquisa e competitividade da CNI.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.