Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Pesquisa CNT: para 60% das empresas crise vai durar mais de quatro meses

Pesquisa CNT: para 60% das empresas crise vai durar mais de quatro meses

Uma pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) apontou que 60% das empresas consultadas acreditam que a queda na movimentação causada pela pandemia vá durar, no mínimo, até agosto – podendo chegar até dezembro. O levantamento foi feito entre os dias 1º e 3 de abril, com 776 companhias de carga e de passageiros.

O segmento mais afetado é o de transporte rodoviário de cargas. Para 58% das transportadoras, a redução de faturamento até o início de maio será de, no mínimo, 40%. Cerca de 75% das empresas do ramo registraram uma queda de 20% no faturamento em março, quando entraram em vigor as primeiras medidas restritivas. Há cancelamento de contratos, inadimplência e dificuldades de operação por causa das restrições.

A direção da maioria das empresas pesquisadas alertou não ter como manter as operações por mais de um mês sem nenhum tipo de apoio financeiro externo. Há risco de elevação do valor dos fretes. As empresas de transporte rodoviário de passageiros também alegam pesadas perdas. Quase 65% acreditam que vão perder mais de 80% do faturamento nos próximos 30 dias. Pouco mais da metade disse que não conseguirá manter suas linhas sem ajuda financeiro após este período. A CNT tenta conseguir ajuda e isenções junto ao governo.

Envie seu comentário

três + 5 =