PATROCINADORES

Paulo Guedes defende Bolsonaro em polêmica do diesel

Paulo Guedes saiu em defesa de Jair Bolsonaro após o presidente pedir para a Petrobras adiar o reajuste de 5,7% no preço do diesel, na semana passada. O ministro da Economia afirmou em entrevista à Folha, publicada nesta quarta-feira (17), que Bolsonaro está conectado aos anseios da população.

“Ele demonstrou que está com o ouvido na pista, ouvindo a turma e o barulho”, disse. “Uma greve (de caminhoneiros) traz problema de abastecimento, pode frear o Brasil todo e fazer o PIB cair mais 3%, 4%”.

Para afastar a possibilidade de uma nova paralisação, o governo anunciou um pacote de medidas para ajudar os caminhoneiros nesta terça-feira (16).

Por que é importante

A suspensão do reajuste gerou um forte ruído entre os investidores. A Petrobras perdeu R$ 32 bilhões em valor de mercado na sexta

Quem ganha

Bolsonaro, que ganha respaldo com a fala do ministro

Quem perde

A oposição, que se beneficiaria de um racha entre Bolsonaro e Guedes

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.