Document
PATROCINADORES

Pandemia passa a vitimar mais a faixa de 50 anos

Na primeira fase da pandemia, as vítimas fatais se concentravam entre os indivíduos mais velhos e moradores das grandes cidades. Hoje, no entanto, percebe-se uma mudança significativa neste perfil. Com a vacinação dos idosos, os óbitos atuais se concentram na faixa etária entre 50 e 59 anos – especialmente entre os moradores de cidades pequenas e médias.

Cerca de 42 % das mortes de junho ocorreram em cidades com menos de 100 000 habitantes, contra 21 % de um ano atrás. Os municípios com mais de 1 milhão de moradores, que em 2020 contribuíam com 40 % do total de vítimas fatais, registraram neste mês 21 % dos óbitos. Em junho do ano passado, brasileiros com mais de 70 anos representavam 56 % das fatalidades. Hoje, esse mesmo índice caiu pela metade. A faixa etária com maior número de mortes passou a ser a de 50 a 59 anos (26 % do total).

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.