Document
PATROCINADORES

Pandemia elevou em 12% a dívida dos emergentes

O esforço financeiro feito por países emergentes para a adoção de medidas de combate à pandemia resultou em um aumento de 12% de suas dívidas em 2020, fazendo com que o total devido atingisse a marca recorde de US$ 860 bilhões, afirmou o presidente do Banco Mundial, David Malpass (imagem), nesta quarta-feira (13) durante a abertura da reunião anual da instituição.

Segundo Malpass, muitos dos países afetados já estavam vulneráveis antes da calamidade, em função da alta dívida pública e da desaceleração do crescimento econômico. Ele reiterou que a missão do banco é a redução da pobreza e o aumento da prosperidade, levando em consideração o uso de energia limpa e o acesso das populações à energia. “Os países em desenvolvimentos precisam apresentar planos e projetos dizendo como vão atingir estes objetivos”, disse.

(com Agência Brasil)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.