PATROCINADORES

Oxford afirma que intervalo ideal para vacina da Pfizer é de oito semanas

Um estudo conduzido pela Universidade de Oxford junto a 503 profissionais de saúde mostra que o intervalo ideal entre as duas doses da vacina Pfizer contra a Covid-19 é de oito semanas (contra as doze recomendadas no Brasil). Caso esse novo parâmetro seja utilizado, a velocidade de imunização no Brasil — desde que haja matéria-prima disponível — deve aumentar.

A grande vantagem de um intervalo menor entre as doses é o aumento do nível de anticorpos, em uma quantidade que se mostrou mais eficaz contra a variante de Delta do que no período atual proposto pelas autoridades sanitárias brasileiras.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.