PATROCINADORES

Na economia, um ano para comemorar

Não é preciso muito esforço para perceber que, do ponto de vista econômico, o Brasil se tornou um país melhor em 2019. Nesta semana, a taxa de juros chegou a 4,5%, mínima história que traduz um antigo anseio dos economistas brasileiros. A inflação, apesar da disparada do preço da carne nos últimos dias, se mantém abaixo de 4%, o que é bastante incomum na trajetória do país. A agenda de reformas também avançou. As novas regras para a aposentadoria foram aprovadas, a Lei da Liberdade Econômica passou e é consenso – mesmo entre os críticos do governo – que o Brasil precisa produzir em 2020 uma robusta reforma tributária. Não é à toa que as previsões do PIB para 2019 e 2020 estão sendo revistas para cima, outro fenômeno raro nos últimos anos (na verdade, as projeções sempre foram reformuladas para baixo). Por mais que o governo tenha provocado desnecessária confusão em outras áreas, é preciso reconhecer que, na economia, o Brasil vai bem.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.