Document
PATROCINADORES

Na contramão do BC, indicador da FGV sinaliza queda do PIB em abril

O Monitor do Produto Interno Bruto (PIB), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), apontou uma queda de 0,7% em abril ante março. Na comparação com abril de 2020, no princípio da crise do novo coronavírus, houve uma expansão de 12,3%.

O PIB da agropecuária contraiu 4,3% na passagem de março para abril. Os serviços encolheram 1,2%. Já a indústria cresceu 1,1%. Pelo lado da demanda, o consumo das famílias subiu 2,1% no período. O consumo do governo avançou 2,9%. As exportações saltaram 17,2%, enquanto as importações aumentaram 5,9%.

O resultado do Monitor do PIB da FGV, no entanto, destoa do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), divulgado na segunda-feira (14) pelo Banco Central. O indicador do BC, considerado uma prévia informal do PIB, sinalizou uma alta de 0,44% em abril em relação a março de 2021. Frente a abril de 2020, a retomada observada foi maior, de 15,92%.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.