PATROCINADORES

Maia cobra plano de Guedes para enfrentar ‘crise do coronavírus’

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que a agenda do Congresso nos próximos 45 dias deverá priorizar as pautas de combate ao coronavírus. Maia pediu ao governo ações para conter a proliferação da doença e cobrou do ministro Paulo Guedes (Economia) a apresentação de medidas para enfrentar os impactos no curto prazo.

“Precisamos continuar olhando projetos de lei e emendas constitucionais que ajudam a melhorar o ambiente de negócios no país”, disse.

“O que preocupou os parlamentares é que certamente teremos impacto de curto prazo e que essas reformas de médio e longo prazo não vão resolver. Temos uma crise de pandemia de um vírus que começa a crescer no Brasil”, acrescentou.

O deputado lembrou do ofício enviado no início da semana em que o ministro listava 19 ações emergenciais para blindar a economia brasileira, como a privatização da Eletrobras e a aprovação da autonomia do Banco Central.

“O que incomodou os parlamentares é que não sentimos e não vimos, se ele (Guedes) não podia falar ou se ainda não organizou, as soluções para os problemas de curto prazo, como nos setores da aviação civil e de serviços”, comentou.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.