Document
PATROCINADORES

Justiça condena Vale a pagar R$ 1 mi para cada trabalhador morto em Brumadinho

A 5ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho de Betim (MG) condenou a Vale a pagar R$ 137 milhões em indenização por danos morais em decorrência do desastre da Barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho. Segundo o Estadão, o valor corresponde a R$ 1 milhão por trabalhador direto da mineradora morto na tragédia ocorrida em janeiro de 2019. O dinheiro deverá ser destinado aos espólios e herdeiros. Em nota, a companhia não indicou se pretende recorrer da punição trabalhista, mas ressaltou que é “sensível à situação dos atingidos pelo rompimento da barragem” e que vem realizando acordos com os familiares dos trabalhadores vítimas desde 2019, a fim de “garantir uma reparação rápida e integral”. No total, 270 pessoas morreram na catástrofe.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.