PATROCINADORES

Juro nominal brasileiro ainda é o oitavo maior do mundo

Na semana passada, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central reduziu a taxa básica de juros, a Selic, para 4,25% ao ano. Apesar de ser o índice mais baixo da história, ainda está entre os maiores do mundo. Segundo ranking da gestora de investimentos Infinity Asset, o juro nominal brasileiro é o oitavo mais alto. A lista é liderada pela Argentina (48%), seguida por Turquia (11,25%) e México (7,25%). De acordo com o estudo, a média geral do ranking é de 3,13%. 

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.