PATROCINADORES

Já não está na hora de o Brasil voltar ao grau de investimento?

É preciso analisar vários parâmetros, eu sei. Mas vamos olhar, neste momento, para apenas dois indicadores. Em abril de 2008, quando o Brasil ganhou o grau de investimento da agência de rating Standard & Poor, a nação tinha US$ 200 bilhões de reservas e o risco-país (Credit Default Swaps — CDS) era de 256 pontos. Hoje, nossas reservas beiram os US$ 400 bilhões e o índice que mede o nosso risco está cotado em 114 pontos. Alô, alô, S&P! Já não está na hora de o Brasil voltar ao grau de investimento?

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 11 =

Pergunte para a

Mônica.