Document
PATROCINADORES

IPC-S diminui ritmo a 0,75% na terceira quadrissemana de agosto

O Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) esfriou a 0,75% na terceira quadrissemana de agosto, após 0,82% na segunda quadrissemana. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (23) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador acumula alta de 8,99% em 12 meses, menor do que o avanço de 9,07% no período até a segunda quadrissemana.

Das oito categorias de despesas que compõem o indicador, quatro desaceleraram da segunda para a terceira leitura de agosto, com destaque para Habitação, que teve alívio de 1,35% para 0,99%. O item com maior influência no grupo foi tarifa de eletricidade residencial, a 2,79%, após 4,52% na segunda quadrissemana.

Transportes (0,84% para 0,78%), Alimentação (1,23% para 1,17%) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,47% para 0,45%) também apresentaram decréscimo na taxa de variação. Nessas classes de despesa, os itens com maior peso foram gasolina (1,84% para 1,58%), hortaliças e legumes (6,40% para 5,22%) e plano e seguro de saúde (0,52% para 0,38%).

Em contrapartida, os grupos Educação, Leitura e Recreação (0,28% para 0,65%), Despesas Diversas (0,17% para 0,20%), Vestuário (0,17% para 0,20%) e Comunicação (-0,15% para -0,13%) apresentaram avanço em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa, vale citar os itens: passagem aérea (1,54% para 3,98%), cigarros (-0,34% para -0,04%), cintos e bolsas (-0,42% para 1,15%) e serviços de streaming (2,10% para 2,33%).

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.