Document
PATROCINADORES

Intenção de consumo das famílias mantém crescimento

Pelo segundo mês consecutivo foi registrado aumento no levantamento Intenção de Consumo das Famílias. O resultado de junho ficou 3,5% acima do registrado em igual período de 2020, atingindo 68,4 pontos. O índice, porém, segue abaixo do nível de satisfação, que é de 100 pontos. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (21), pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). 

Todos os subíndices também mostraram crescimento, com destaque para a Perspectiva de Consumo, que cresceu aproximadamente 5% na comparação com junho. Esse dado positivo está relacionado à melhora no consumo atual, que atinge o maior nível deste março, mostrando que os indicadores estão se aproximando daqueles verificados na pré-pandemia.

“A expectativa das famílias é que esse ambiente econômico mais positivo percebido no curto prazo se prolongue para o longo prazo”, disse a economista da CNC responsável pela pesquisa, Catarina Carneiro da Silva. O Nível de Consumo Atual também melhorou ao subir 2,2%, alcançando o maior patamar desde março deste ano (53,1 pontos). “Esse avanço foi resultado da melhora nas condições de consumo, com redução no percentual de famílias que consideram o seu consumo menor (59% contra 60,3% no mês passado e 62,6% em julho de 2020) e crescimento ainda mais intenso do que no mês anterior (4,7%) na percepção do momento para compra de duráveis”, afirmou a economista.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.