Document
PATROCINADORES

Inflação na indústria desacelera para 1,89% em abril, mostra IBGE

O Índice de Preços ao Produtor (IPP), divulgado nesta terça-feira (1) pelo IBGE, subiu 1,89% em abril na comparação com o mês anterior. A pesquisa mede a variação dos preços de produtos na “porta da fábrica”, sem impostos e frete, de 24 atividades das indústrias extrativas e da transformação. Mesmo com a alta, houve desaceleração frente ao resultado de março (4,63%), quando foi registrada a segunda maior alta da série histórica, iniciada em 2014. Com o desempenho de abril, o índice acumula uma expansão de 16,08% no ano e uma taxa recorde de 35,69% considerando os últimos 12 meses. O maior impacto no IPP veio de outros produtos químicos (0,40 p.p.), atividade que variou 4,54% no mês. Em seguida aparecem alimentos (0,36 p.p.), metalurgia (0,35 p.p.) e produtos de metal (0,16 p.p). Já as maiores oscilações foram observadas nas atividades madeira (6,26%), produtos de metal (5,96%), metalurgia (4,97%) e outros produtos químicos (4,54%).

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.