PATROCINADORES

Inflação acelera em dezembro e fecha 2020 em 4,52%, mostra IBGE

O IBGE divulgou nesta terça-feira (12) que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA), que mede a inflação oficial do país, subiu 1,35% em dezembro e encerrou 2020 com alta de 4,52%. O resultado é o maior acumulado no ano desde 2016 (6,29%). A inflação ainda superou a meta estipulada pelo Banco Central para o ano, de 4%.

No ano passado, segundo o IBGE, a alta de 14,09% nos preços de alimentos e bebidas teve o maior peso no bolso dos brasileiros. O gerente da pesquisa, Pedro Kislanov, explicou que esse crescimento, o maior desde 2002 (19,47%), foi provocado, entre outros fatores, pela demanda por esses produtos, a valorização do dólar e das commodities no mercado internacional diante dos efeitos da pandemia do novo coronavírus. Segundo Kislanov, a inflação também foi puxada pela habitação (5,25%), cuja alta foi influenciada pelo aumento da energia elétrica (9,14%).

O único grupo a apresentar variação negativa foi vestuário (-1,13%). “Por conta do isolamento social, as pessoas ficaram mais em casa, o que pode ter diminuído a demanda por roupas. Tivemos quedas em roupas femininas (-4,09%) e masculinas (-0,25%) e infantis (-0,13%), calçados e acessórios (-2,14%). A única exceção foram joias e bijuterias (15,48%), por causa da alta do ouro”, observou.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 1 =