Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Indústria precisa de inovação para superar a crise, aponta CNI

Indústria precisa de inovação para superar a crise, aponta CNI

Uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que cerca de sete (69%) em cada dez empresas perderam faturamento por causa da pandemia do novo coronavírus. Para 83% dos entrevistados, soluções inovadoras serão decisivas para crescer ou mesmo sobreviver após a crise.

Os executivos das indústrias destacaram que a linha de produção é a área prioritária para receber inovações (58%), seguida pela área de vendas (19%). “O atual contexto de pandemia deixou ainda mais evidente para as empresas a necessidade de se investir em tecnologias inovadoras e, principalmente, em aperfeiçoamento das metodologias de gestão”, afirma a diretora de Inovação da CNI, Gianna Sagazio. Foram ouvidos 402 executivos de indústrias de médio (50 a 249 empregados) e grande porte (250 ou mais empregados), em todos os estados.

O levantamento foi feito por telefone, entre 18 e 26 de junho. Entre as empresas consultadas, 68% alteraram de alguma forma seu processo produtivo (74% nas grandes e 66% nas médias), mas só 56% dessas consideram ter inovado, de fato, após essa mudança. Entre todas as empresas pesquisadas, 39% dizem que a mudança empreendida foi uma inovação.

Entre os entrevistados, 16% disseram que o faturamento ficou igual e 14%, que aumentou. Conforme o levantamento, a queda do faturamento foi indicada proporcionalmente mais entre executivos de grandes empresas (76%) do que entre entrevistados das médias empresas (68%).

A maior queda de faturamento bruto se deu no Sudeste (73%). No Sul e no Nordeste a diminuição foi de 69%. Menos da metade (49%) das respostas obtidas nas regiões Norte e Centro-Oeste indicou impacto negativo no faturamento. Os dados apurados mostram ainda que 65% das médias e grandes empresas tiveram sua produção reduzida ou paralisada.

Envie seu comentário

18 − 14 =