PATROCINADORES

Indústria perdeu R$ 37 bilhões em 2018 com burocracia tributária

Estudo da Fiesp (Federação das Indústrias de São Paulo) aponta que as empresas do setor industrial gastam, em média, 1,2% do seu faturamento apenas para organizar o pagamento de impostos. Em 2018, o custo com a burocracia chegou a R$ 37 bilhões, valor que poderia ser usado em novos investimentos e gerado empregos no país. O montante corresponde a 5% do PIB (Produto Interno Bruto) da indústria, e é muito superior ao registrado no mundo desenvolvido e em países como Argentina, México e Chile. Para atacar essa questão, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pretende levar ao plenário uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) da reforma tributária, com base nas propostas do economista Bernard Appy, diretor do Centro de Cidadania Fiscal.

Por que é importante

O custo elevado da burocracia é um dos principais entraves à atividade industrial, estagnada no Brasil há décadas. Hoje, o setor corresponde a 11,3% do PIB

Quem ganha

Especialistas em direito tributário, que faturam com a complexidade da legislação no Brasil

Quem perde

A indústria nacional, que perde competitividade no exterior

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 2 =

Pergunte para a

Mônica.