Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Boeing desiste de comprar a Embraer

Boeing desiste de comprar a Embraer

Agora é oficial. A Boeing desistiu de promover uma fusão com a área de aviação comercial da Embraer.

“A Boeing trabalhou diligentemente ao longo de mais de dois anos para finalizar sua transação com a Embraer. Nos últimos meses, tivemos negociações produtivas, mas sem sucesso, sobre condições insatisfatórias do MTA (Master Transaction Agreement). Todos pretendíamos resolvê-los até a data inicial de término, mas não o fizemos. “, disse Marc Allen, presidente da Embraer Partnership & Group Operations, a companhia criada para promover a fusão entre as companhias envolvidas no negócio.

Segundo a agência Reuters, Boeing e Embraer tinham até o final da sexta-feira (24) para definir as condições segundo as quais a fusão entre as duas empresas seria criada (com 80% da controle pertencente à acionista americana). O deadline, no entanto, foi descumprido e nada foi definido entre as companhias.

A Embraer ainda não se pronunciou oficialmente.

Envie seu comentário

quinze − 4 =