PATROCINADORES

Ilan Goldfajn decide não permanecer na presidência do BC

Ilan Goldfajn decidiu não permanecer no comando do Banco Central no futuro governo Jair Bolsonaro (PSL). Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo desta quinta-feira (15), Ilan já avisou ao futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, que não aceitará o convite por motivos pessoais. Bolsonaro e Guedes haviam manifestado em público o desejo de manter Ilan no comando do BC, cargo que ocupa desde 2016, após a saída de Alexandre Tombini.

Por que é importante

Ilan Goldfajn é respeitado pelo mercado e conseguiu bons resultados à frente do BC, como inflação abaixo do piso da meta em 2017, fim da recessão e taxa de juros em mínima histórica

Quem ganha

Carlos Viana Carvalho, diretor de política econômica do BC e Roberto Campos Neto, diretor do banco Santander, são nomes cotados no lugar de Ilan Goldfajn

Quem perde

O país. A saída de Ilan pode aumentar a chance de alta da Selic, a taxa básica de juros

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =

Pergunte para a

Mônica.