PATROCINADORES

Ibovespa fecha na máxima histórica; dólar cai

O Ibovespa fechou em alta de 3,56%, aos 91.012 pontos, nesta quarta-feira (2), o primeiro pregão do ano. O bom desempenho foi influenciado pela notícia de que o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, vai apoiar a reeleição de Rodrigo Maia (DEM) à presidência da Câmara dos Deputados. Maia é a favor das reformas econômicas defendidas por Paulo Guedes, ministro da Economia, e deve cooperar com o governo na Câmara durante a tramitação da reforma da Previdência. O dólar teve queda de 1,68%, sendo cotado a R$ 3,80. As cinco ações mais negociadas do dia fecharam em alta: preferenciais da Petrobras (6,08%), Bradesco (4,50%) e Itaú Unibanco (4,27%), e ordinárias da Vale (0,18%) e Banco do Brasil (4,54%).   

Por que é importante

No primeiro pregão sob o governo Bolsonaro, o índice Ibovespa bateu sua máxima histórica, superando os 89.820 pontos, do dia 3 de dezembro de 2018

Quem ganha

As ações ordinárias da Eletrobras registraram a maior alta do dia: 20,72%, cotadas a R$ 29,25

Quem perde

As ações ordinárias da Raia Drogasil registraram a maior baixa do dia: 0,79%, cotadas a R$ 56,70

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + 20 =

Pergunte para a

Mônica.