PATROCINADORES

Guedes diz que vazamentos pretendem paralisar reforma

O ministro da Economia, Paulo Guedes, comentou sobre o vazamento das conversas entre o ex-juiz e ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Operação Lava Jato. Na avaliação de Guedes, a divulgação dos diálogos representa uma tentativa de atrapalhar a tramitação da reforma da Previdência.

“Toda hora tem uma divulgação. Uma é o (ex-presidente) Michel Temer, outra é o filho do Bolsonaro, outra é não sei o que lá, hoje é o do Moro. Não foi por falta de tentativa, toda hora tem uma bomba. Só os senhores podem examinar o mérito, mas não é coincidência que estoura esta bombinha toda hora, vendo se paralisa a marcha dos eventos”, disse o ministro em palestra.

Por que é importante

A fala de Paulo Guedes mostra uma preocupação sobre a possibilidade de os vazamentos envolvendo Moro afetarem as discussões no Congresso

Quem ganha

A oposição, que vai tentar travar o andamento de projetos importantes

Quem perde

A equipe econômica, que quer agilidade na aprovação da reforma da Previdência

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 2 =

Pergunte para a

Mônica.