Document
PATROCINADORES

Governo sobe para R$ 861 bi previsão de rombo nas contas públicas

O Ministério da Economia elevou de R$ 787,45 bilhões para R$ 861 bilhões a projeção para o déficit nas contas públicas em 2020 – pior resultado da série histórica iniciada em 1997. A nova estimativa divulgada na terça-feira (22) considera uma retração de 4,7% no PIB este ano. O salto no rombo é puxado pelo aumento de gastos e a queda de arrecadação por causa dos efeitos da crise no novo coronavírus. No início do mês, o secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, indicou que as contas do país devem fechar no vermelho até pelo menos a virada de 2026 para 2027. O governo gasta mais do que arrecada desde 2014, ainda na gestão Dilma Rousseff (PT). Antes da pandemia, o Ministério da Economia considerava a chance de o país voltar a ter superávit até o final do mandato do presidente Jair Bolsonaro, em 2022.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.