Document
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Governo recua e apresenta opções de Refis para MEIs, micros e pequenos

Após vetar integralmente na sexta-feira (7) o refinanciamento de dívidas de pequenos empresários cadastrados no Simples Nacional e microempreendedores individuais (MEIs), afetados pela pandemia, o governo mudou de ideia, pressionado por entidades de classe e por sua base aliada no Congresso. Nesta terça-feira (11), em edição extraordinária do Diário Oficial da União (DOU), foram lançadas dois conjuntos de medidas para facilitar o pagamento desses endividados, o Programa de Regularização do Simples Nacional e, por meio de edital, a Transação do Contencioso de Pequeno Valor do Simples Nacional.

Programa de Regularização do Simples Nacional

Para MEIs, micros e pequenos empresários

  • Entrada de 1% do valor total do débito;
  • Pagamento inicial em até oito meses;
  • .Parcelamento em até 137 meses;
  • Desconto de até 100% de juros, das multas e dos encargos legais, desde que observado o limite de 70% do valor total do débito;
  •  Parcela mínima de R$ 100 para micro e pequenas empresas ;
  • Parcela mínima de R$ 25 para micrompreendedores
  • O limite de faturamento anual das microempresas de até R$ 360 mil;
  • O limite de faturamento anual das pequenas empresas de R$ 4,8 milhões.

Edital da Transação do Contencioso de Pequeno Valor do Simples Nacional

  • Vale para as dívidas inscritas até 31 de dezembro;
  • A dívida, por inscrição, deve ser menor ou igual a R$ 72.720,00 ou 60 salários mínimos;
  • Entrada de 1% do valor total do débito;
  • Pagamnto inicial em 3 parcelas;
  • O restante pode ser parcelado em 9, 27, 47 ou 57 meses, com descontos respctivos de 50%, 45%, 40% e 35%;
  • Parcela mínima de R$100 para micro ou pequenas empresas;
  • Parcela mínima de R$ 25,00 para microempreendedores individuais.

A adesão ao “Programa de Regularização do Simples Nacional” e ao edital de “Transação do Contencioso de Pequeno Valor do Simples Nacional” é feita on-line, no portal Regularize.

O que MONEY REPORT publicou

Ao todo, 1,8 milhão de empresas estão inscritas na dívida ativa da União por débitos junto ao Simples Nacional, das quais 160 mil são MEIs. O valor total dos débitos é de R$ 137,2 bilhões.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.