PATROCINADORES

Governo quer atrair R$ 2 bi com leilão de caulim no Pará

O Ministério de Minas e Energia quer licitar os direitos de mineração na grande jazida de caulim de Rio Capim, no Pará. O leilão vai ocorrer por meio do Programa de Parcerias de Investimentos, da Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (SPPI), vinculada ao Ministério da Economia. Foram estimadas 800 milhões de toneladas de caulim disponíveis para exploração, o que pode gerar investimentos de R$ 2 bilhões para a construção de uma planta de beneficiamento, um mineroduto e um terminal portuário para atender o mercado externo. O caulim é matéria-prima da indústria de plástico, papel e pintura.

A venda do minério deve gerar um faturamento de R$ 1,5 bi por ano e o empreendimento deverá arrecadar cerca de R$ 180 milhões em impostos, mais a incidência da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM).

Localização das áreas no projeto Rio Capim, no Pará

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + sete =

Pergunte para a

Mônica.