PATROCINADORES

Governo propõe meta fiscal flexível para 2021

No projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), encaminhado ao Congresso nesta quarta-feira (15), o governo pediu autorização para flexibilizar a meta fiscal de 2021. A solicitação foi feita diante das incertezas econômicas por conta da pandemia do novo coronavírus. Para o ano que vem, o governo prevê um rombo de R$ 149,6 bilhões nas contas federais, mas indicou a necessidade de ajustes ao longo do tempo com a variação das projeções de arrecadação. O projeto orçamentário também estabelece um salário mínimo de R$ 1.079 em 2021 – sem ganho real aos trabalhadores e R$ 34 acima do valor atual. A LDO ainda aponta a projeção oficial de crescimento de 3,3% no PIB no ano que vem. Já a estimativa para o IPCA ficou em 3,65%.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.