PATROCINADORES

Governo quer desonerar folha de pagamento em reforma tributária

O secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, afirmou nesta quinta-feira (10) que o governo pretende desonerar a folha de pagamento das empresas na proposta de reforma tributária a ser elaborada. Em conversa com jornalistas, Cintra ressaltou que a medida não seria uma reedição da desoneração patrocinada pela presidente Dilma Rousseff, “em cima de demandas específicas e setoriais”. A equipe econômica de Jair Bolsonaro tem o intuito de promover um corte amplo nos impostos que incidem sobre os salários, mas ainda não detalhou de onde viria a contrapartida pelo lado da receita, como determina a Lei de Responsabilidade Fiscal. Cintra descartou, por exemplo, a recriação da CPMF. O economista, contudo, deixou claro que a prioridade número um da gestão é aprovar a reforma da Previdência, deixando as discussões sobre o sistema tributário para um segundo momento.

Por que é importante

A reforma tributária é essencial para diminuir a desigualdade e aumentar a produtividade da economia brasileira

Quem ganha

As empresas, que teriam mais recursos para investir e gerar empregos

Quem perde

O caixa do governo, que pode ser negativamente impactado sem as devidas contrapartidas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × um =

Pergunte para a

Mônica.