PATROCINADORES

Governo petista concedeu empréstimos ilegais a Cuba, diz TCU

O governo brasileiro concedeu descontos ilegais de US$ 68,4 milhões nos juros de empréstimos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) a Cuba, segundo reportagem do portal UOL. O governo cubano usou o dinheiro para construir o Porto de Mariel, inaugurado em 2014 com a presença da então presidente petista Dilma Rousseff. De acordo com o Tribunal de Contas da União (TCU), estes descontos foram irregulares em pelo menos quatro operações de crédito a partir de 2010 com o BNDES. Para a realização do empréstimo, foi utilizado um mecanismo financeiro chamado Proex-equalização, que permite baixar os juros de um empréstimo a um paí s estrangeiro por até dez anos. O governo brasileiro decidiu, porém, conceder o benefício por 25 anos. Para o TCU, isso é ilegal.

Por que é importante

O investimento brasileiro no Porto de Mariel era uma espécie de vitrine das ambições globais do governo petista

Quem ganha

O governo cubano, que se apropriou de recursos do BNDES

Quem perde

A sociedade brasileira, que pagará a fatura do desleixo petista com as contas públicas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + seis =

Pergunte para a

Mônica.