Document
PATROCINADORES

Governo estuda aumentar rentabilidade do FGTS

As novas regras para o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), em fase de estudo no Ministério da Economia, devem mexer nas alíquotas, elevar a rentabilidade e abrir a possibilidade de o trabalhador sacar os recursos. Segundo Waldery Rodrigues, secretário especial da Fazenda, devem ser liberados de R$ 21 bilhões a R$ 22 bilhões no PIS/Pasep.

“Para o FGTS, está sendo pensado passar por uma reforma, incluindo mudar a rentabilidade, que hoje é negativa”, afirmou Rodrigues.

A medida ainda não tem data para ser anunciada. 

Por que é importante

Atualmente, o FGTS recebe uma correção monetária mensal, mais juros de 3% ao ano e só pode ser sacado pelo trabalhador em casos excepcionais, como demissão sem justa causa, compra de imóvel ou na aposentadoria

Quem ganha

Pessoas que trabalham em regime CLT

Quem perde

O setor da construção civil, que pode ser prejudicado com uma leva de saques nas contas do FGTS

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.