Document
PATROCINADORES

Fox News e Trump deixam de exaltar a cloroquina, enquanto Maduro elogia a droga

Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo mostra que tanto a emissora americana Fox News como o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deixaram de promover o uso indiscriminado da cloroquina. A droga, que foi defendida por Trump como uma solução viável para o combate à contaminação pelo coronavírus, caiu no ostracismo desde o dia 21 de abril, quando o canal de TV divulgou um estudo no qual não se detectava benefícios concretos no uso do medicamento em pacientes infectados por Covid-19. Logo em seguida, o presidente americano passou a evitar o tema em suas entrevistas coletivas.

Na contramão ideológica e sanitária, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, defendeu entusiasmado a eficácia da cloroquina, afirmando no Twitter se tratar de uma “droga efetiva” no tratamento contra o coronavírus.

Por que é importante

No Brasil, cloroquina acaba de ser incluída no protocolo de tratamento geral do Ministério da Saúde contra o coronavírus

Quem ganha

A comunidade médica, que tem restrições ao uso indiscriminado da droga

Quem perde

O presidente Jair Bolsonaro, que defende o uso medicamento em todos os pacientes

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.