Document
PATROCINADORES

Exame: Petrobras vai vender 37,5% das ações da BR; negócio pode chegar a R$ 10 bi

A Petrobras deu início ao processo de venda de suas ações remanescentes na BR Distribuidora. A estatal tem hoje 37,50% no capital social da maior distribuidoras de combustíveis do país.

Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a estatal disse que enviou carta à BR solicitando cooperação para implementar a oferta pública secundária (follow on) para a venda dos papéis. “A presente comunicação não deve ser considerada como anúncio de oferta no Brasil, nos Estados Unidos ou em qualquer outra jurisdição”, acrescentou a estatal, ao destacar que a operação visa otimização de seu portfólio de ativos.

Em comunicado à parte, a BR Distribuidora confirmou ter recebido a carta com o pedido da Petrobras, reiterando que o anúncio de sexta-feira tem caráter “meramente informativo”.

A intenção da Petrobras de sair completamente do capital da BR já é conhecida e faz parte da estratégia da empresa para reduzir sua dívida e focar as atividades em exploração e produção de petróleo em águas profundas e ultraprofundas, essencialmente o pré-sal.

Em maio, o presidente da BR, Wilson Ferreira Jr., afirmou em uma conferência com analistas e investidores que se encontraria com o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, e que um dos temas das conversas entre os dois seria a venda dos papéis pela petroleira.

Segundo uma fonte, a ideia inicial era fazer a venda no início deste ano, mas as mudanças no comando da Petrobras, com a saída de Roberto Castello Branco e chegada de Joaquim Silva e Luna, adiaram o processo. A expectativa do mercado é que a operação possa gerar entre R$ 8 bilhões e R$ 10 bilhões aos cofres da estatal.

Em 2019, a estatal vendeu fatia de 33,7% na BR, gerando pouco mais de R$ 9 bilhões. A venda das ações da BR faz parte do plano de desinvestimento da companhia, estimado entre US$ 25 bilhões e US$ 35 bilhões até 2025. Além das ações na BR, a Petrobras pretende vender ainda sua participação na Gaspetro e em refinarias.

No início deste mês, a Petrobras teve aval do órgão brasileiro de defesa da concorrência, o Cade, para a operação de venda de sua refinaria Landulpho Alves (RLAM), na Bahia, ao Mubadala, o fundo soberano do governo de Abu Dhabi.

Na sexta-feira, a estatal anunciou redução nos preços da gasolina nas refinarias. Foi o terceiro recuo no ano. Mas, apesar disso, o preço ainda acumula alta de 34% no ano.

Por Da Redação

Publicado originalmente em https://exame.com/brasil/petrobras-vai-vender-375-das-acoes-da-br-negocio-pode-chegar-a-r-10-bi/

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.