Document
PATROCINADORES

Exame: Alemanha libera entrada de brasileiros vacinados com Coronavac

A Alemanha anunciou nesta sexta-feira, 17, que a entrada de turistas brasileiros vacinados com a Coronavac ou que ainda não completaram a vacinação será liberada sem a necessidade de quarentena ou comprovação de extrema necessidade.

A partir de domingo, 19, o Brasil vai deixar a lista de países de alto risco da pandemia do novo coronavírus, informou o Instituto Robert Koch (RKI), a agência governamental alemã para o controle e prevenção de doenças infecciosas.

Na prática, quem se vacinou com a Coronavac — que ainda não tem a aprovação da Agência Europeia de Medicamentos — ou não se vacinou pode apresentar teste negativo para o coronavírus ou comprovar que se recuperou da doença para entrar no território alemão. No caso do teste, pode ser um exame de PCR (com coleta de até 72 horas) ou um de antígeno (com coleta de até 48 horas).

Também não será mais necessário realizar quarentena obrigatória de dez dias para quem chega do Brasil nem obrigação de apresentação de motivo de “extrema necessidade” para entrar no país. Desde 22 de agosto, brasileiro vacinados com imunizantes aprovados pela União Europeia — Pfizer, AstraZeneca, Moderna e Janssen — podem entrar na Alemanha.

Além da Alemanha, Portugal, França, Suíça, Croácia e Espanha são outros países da Europa que passaram a aceitar viajantes do Brasil, desde que estejam com esquema vacinal completo contra a covid-19. O único país que não aceita vacinados com a Coronavac é a França. Em todos, a entrada também é liberada sem a necessidade de quarentena com a apresentação de um teste negativo para o coronavírus.

A comissão da União Europeia também disponibiliza site com informações atualizadas sobre os requisitos para viajantes nos 27 países-membros do bloco e nos quatro integrantes da zona Schengen (Noruega, Suíça, Islândia e Liechtenstein).

______________________________________________________

Por André Martins

Publicado originalmente em https://cutt.ly/qEprEGD

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.