PATROCINADORES

Em Davos, Bolsonaro focará reformas e abertura da economia

Durante o Fórum Econômico Mundial em Davos, na próxima terça-feira (22), o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) deverá focar sua participação no ajuste das contas públicas, na reforma da Previdência e na autonomia do Banco Central. Aos líderes das principais economias do planeta, Bolsonaro e seu ministro da Economia, Paulo Guedes, apontarão quais os rumos que o Brasil tomará nos próximos meses, como a abertura da economia e novos negócios bilaterais fora de economias do Mercosul. Segundo informação do jornal O Estado de S. Paulo, para o governo, “Davos será muito importante para a atualização da imagem do Brasil”.

Por que é importante

O Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, reúne os empresários e líderes políticos das principais economias do mundo. Para o novo governo brasileiro é uma oportunidade ímpar de mostrar ao mundo as mudanças que pretende fazer no Brasil

Quem ganha

O país que, dependendo da participação do governo brasileiro em Davos, deve atrair mais investimento externo e confiança das principais economias do mundo

Quem perde

Os pessimistas do país

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + seis =

Pergunte para a

Mônica.