Document
PATROCINADORES

Comércio perdeu 11% das empresas e 4,4% dos trabalhadores em cinco anos

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou a Pesquisa Anual de Comércio (PAC) nesta quinta-feira (29). O trabalho apontou que entre 2014 e 2019 o comércio perdeu 11% das empresas (177,3 mil), 4,4% dos trabalhadores (466,1 mil) e 8,1% das lojas (140,6 mil).

  • O varejo, que emprega 74,2% dos trabalhadores do comércio, perdeu 4,1% da ocupação em 5 anos. Em 2019, dos 10,2 milhões no comércio, 7,5 milhões estavam no varejo, 1,7 milhão, no atacado e 908 mil, no comércio de veículos, peças e motocicletas;
  • Na comparação com 2010, a população ocupada do comércio aumentou 12,5%. O varejo foi o que mais empregou: com 931,2 mil novos postos;
  • Em 2019, 1,6 milhão de lojas e 1,4 milhão de empresas registraram uma receita bruta de R$ 4,4 trilhões, com margem de comercialização de R$ 864,3 bilhões;
  • Em 9 anos, a taxa de comercialização foi de 27,6% para 28,8%. Em 2019, a Região Sudeste pagou o maior salário médio (2 salários-mínimos) e a Nordeste, o menor (1,4 salários-mínimos).

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.