PATROCINADORES

Eletrobras inicia oferta pública para privatização

A proposta primária será de 627.675.340 milhões de ações

A Eletrobras publicou nesta sexta-feira (27) o aviso da oferta pública de ações para a privatização da companhia. Conforme o documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a oferta primária (de novos papéis) será de, inicialmente, 627.675.340 milhões de ações. A oferta secundária (papéis já existentes) será de 69.801.516 milhões de ações do BNDESPar. A operação poderá ter lote suplementar de até 15% das ações da oferta inicial.

O início do período de reserva será de 3 a 8 de junho (7 de junho para a reserva prioritária). O processo de coleta de intenções de investimento (“bookbuilding”) será em 9 de junho, quando será definido o preço por ação. O início das negociações das ações da oferta será em 13 de junho.

Os bancos coordenadores da oferta são Bank of America, BTG Pactual, Goldman Sachs, Itaú BBA, XP Investimentos, Bradesco BBI, Caixa Econômica Federal, Citi, Credit Suisse, J.P. Morgan, Morgan Stanley e Safra.

 Santo Antônio Energia

Também nesta sexta-feira, a elétrica republicou seu balanço do primeiro trimestre, “no contexto da oferta pública de ações a ser realizada pela Companhia”, para incluir revisão da avaliação do auditor independente em relação à Santo Antônio, alertando para possível inadimplência.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.