PATROCINADORES

Economista de Alckmin defende reformas e privatizações

Em entrevista ao jornal O Estado de S Paulo, o economista Persio Arida, coordenador do programa econômico de Geraldo Alckmin (PSDB-SP), disse que, se eleito, o tucano irá fazer no primeiro ano de governo as reformas das previdência e tributária e iniciar um projeto de privatizações de estatais. Na entrevista, Arida diz que as eleições presidenciais de 2018 são “críticas”. Uma escolha errada, segundo ele, pode comprometer a retomada do crescimento e o país está entre dois riscos: uma esquerda “retrógrada e estatizante” e uma direita “populista e obscurantista”.

Por que é importante

O economista disse que o plano econômico de Alckmin terá três pilares: produtividade, responsabilidade fiscal e igualdade de oportunidades

Quem ganha

Alckmin. Arida é considerado um dos “pais” do Plano Real, que reduziu a hiperinflação no Brasil e disse que em 2018, Alckmin não irá fugir de debater temas liberais como reforma da previdência e privatização – como fez na eleição de 2006. “Alckmin não fará concessões populistas”, disse

Quem perde

Jair Bolsonaro. O deputado tem como principal bandeira o combate à violência, mas é liberal à liberação do porte de armas. Na entrevista, Arida deu pistas sobre como o discurso de Bolsonaro será enfrentado: “São Paulo reduziu homicídios impondo o estatuto do desarmamento”

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 9 =

Pergunte para a

Mônica.