Document
PATROCINADORES

Economia com servidores pode alcançar R$ 816 bilhões em dez anos, aponta Ipea

Estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgado nesta segunda-feira (14), aponta que o Brasil pode economizar entre R$ 673,12 bilhões e R$ 816,17 bilhões com o funcionalismo público nos próximos dez anos. O Ipea comparou três cenários principais de redução das despesas com pessoal por parte da União, estados e municípios na pesquisa “Ajustes nas despesas de pessoal do setor público: cenários exploratórios para o período 2020-2039”.

Hoje, os gastos do setor público com pessoal são o segundo item de maior peso no orçamento da União, respondendo por quase 22% do total das despesas primárias do governo federal, aponta o Ipea. No âmbito dos estados, também de acordo com o instituto, esses desembolsos respondem por 56,3% das despesas totais e 76,1% da receita corrente líquida,.

Para o Ipea, somente com o impacto agregado das medidas de disciplina fiscal decorrentes do congelamento dos vencimentos por dois anos, previsto na Lei Complementar 173, as contas terão um alívio entre R$ 470 bilhões e R$ 502 bilhões. Com medidas relativas à reposição, salário inicial e progressão, a redução pode ser aumentada entre R$ 202 bilhões a R$ 318,5 bilhões.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.