Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Dívida pública federal atinge R$ 6,9 trilhões em maio

Segundo o Tesouro Nacional, variação nominal foi de R$ 208,1 bilhões e teve influência da emissão líquida de R$ 146,7 bilhões

A dívida pública federal subiu 3,10% em maio ante abril, para R$ 6,9 trilhões, informou o Tesouro Nacional nesta quarta-feira (26). No período, a dívida pública mobiliária federal interna (DPMFi) somou R$ 6,62 trilhões, com alta de 3,16%, enquanto a dívida pública federal externa (DPFe) atingiu R$ 285,47 bilhões, com elevação de 1,77%.

Conforme o Tesouro, do total da dívida pública federal no final de maio, 22,68% correspondiam a títulos prefixados, 29,43% a títulos vinculados a índices de preços, 43,78% a papeis com taxas flutuantes e 4,11% a papeis cambiais. Em maio, o aumento de 3,10% deveu-se, conforme o Tesouro, “à emissão líquida, de R$ 146,71 bilhões, e à apropriação positiva de juros, de R$ 61,38 bilhões.”

O órgão informou ainda que a reserva de liquidez da dívida pública – uma espécie de colchão para o pagamento dos compromissos – subiu 16,7% em termos nominais em maio, para R$ 1,032 trilhão. Na comparação com maio de 2023, a reserva de liquidez avançou 4,96%.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.