PATROCINADORES

“Devemos voltar a ter superávit em 2024”, projeta Mansueto

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, comemorou nesta quinta-feira (8) a aprovação da reforma da Previdência na Câmara. Em evento do banco BTG Pactual, em São Paulo, Mansueto destacou o consenso que foi construído sobre a necessidade de mudar as regras de aposentadorias. “Conseguimos avançar uma reforma que estava atrasada há mais de 20 anos. E, mais importante, com apoio de maior parte da população”, disse.

O secretário afirmou que o momento no Brasil é propício para a discussão de outras medidas, como a reforma tributária. “Temos uma oportunidade de ouro para mudar o sistema”, afirmou. “Mas vamos precisar de um novo consenso. Agora com governadores e empresários”, acrescentou.

Mesmo com aprovação da Previdência, Mansueto Almeida destacou que o país ainda tem um ajuste fiscal de R$ 300 bilhões para ser feito. “Não tem outro jeito, vamos ter que rever contratação de servidores e aumento salarial”, comentou.

Além disso, o secretário apontou que a reforma melhora a situação fiscal, mas não devolve a capacidade do governo de investir. “Vamos depender da iniciativa privada”, afirmou.

Para Mansueto, o panorama fiscal brasileiro é de otimismo. “A expectativa é que a partir de 2024 a gente volte a ter um superávit primário”, completou.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + sete =

Pergunte para a

Mônica.