PATROCINADORES

CVM vai investigar executivos da Vale por tragédia em Brumadinho

A Comissão de Valores Mobiliários informou na segunda-feira (19) a abertura de um inquérito administrativo contra executivos da Vale pelo rompimento da barragem em Brumadinho (MG), em janeiro deste ano. A CVM vai investigar uma eventual inobservância de deveres fiduciários de administradores da mineradora na tragédia que deixou mais de 240 mortos. A apuração, segundo a autarquia, diz respeito aos deveres da companhia em relação aos seus acionistas e investidores, e não inclui atuação sobre questões relativas à legislação ambiental. Os nomes dos executivos que serão alvos do inquérito não foram informados.

Por que é importante

A apuração é essencial para saber se a Vale omitiu informações para acionistas e investidores

Quem ganha

A transparência para quem tem ações da companhia

Quem perde

Os executivos investigados, que podem sofrer punições

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × três =

Pergunte para a

Mônica.