PATROCINADORES

Coronavírus já afeta confiança da construção, indica FGV

O Índice de Confiança da Construção (ICST), divulgado nesta quinta-feira (26) pela Fundação Getulio Vargas, recuou 2 pontos na passagem de fevereiro para março, para 90,8 pontos – em uma escala de zero a 200 pontos. De acordo com Ana Maria Castelo, coordenadora de projetos da construção da FGV IBRE, o setor sinalizava o início de uma retomada mais robusta, mas a pandemia do novo coronavírus traz incertezas sobre o futuro dos negócios. “A construção trabalha por ciclos prolongados, mas a disseminação da covid-19 muda o cenário. Em março, ainda não houve impacto expressivo nos negócios correntes, mas o indicador de expectativas já aponta a deterioração do cenário”, indicou. “O segmento de Serviços Especializados, formado por um conjunto grande de pequenos empreiteiros, certamente sentirá mais e já em março foi o que acusou o maior impacto nas expectativas”, completou.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.