PATROCINADORES

Coronavírus deverá afetar resultados das empresas do setor de turismo

A performance das ações na B3, a bolsa brasileira, é o melhor indicador para entender o impacto do coronavírus nos diversos setores da economia. Entre as cinco maiores quedas da semana passada, quando foi noticiado o primeiro caso da doença no país, três estão relacionadas ao turismo: as companhias aéreas Gol (baque de 24,31%) e Azul (20,14%) e a operadora de viagens CVC (16,6%). Além de sofrerem com o temor dos turistas em viajar, elas enfrentam a disparada do dólar, que aumenta os seus custos (no caso das aéreas) e diminuiu a demanda (no caso das aéreas e da CVC). Ou seja: não será fácil fazer dinheiro em um cenário tão complexo. Em todo o mês de fevereiro, as mesmas três empresas lideraram as perdas na bolsa, o que confirma o tamanho do desafio que terão pela frente. O turismo não é o único setor a ter problemas. Espera-se uma forte redução das importações de carne bovina pela China, o que deverá reprimir os resultados de empresas como JBS e Minerva.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.