Document
PATROCINADORES

Confiança nos serviços atinge maior patamar desde 2014

Os índices de confiança medidos pela FGV IBRE registraram altas na passagem de junho para julho, apontam os relatórios publicados nesta quinta-feira (29).

Serviços

  • O Índice de Confiança cresceu 4,2 pontos e chegou a 98 pontos, em uma escala de zero a 200, o maior patamar desde março de 2014 (98,3 pontos);
  • Foi a quarta alta consecutiva do indicador, puxada principalmente pelo Índice de Expectativas, que mede a confiança no futuro e que avançou 6,5 pontos, para 105,6 pontos;
  • O Índice da Situação Atual, que mede a percepção sobre o presente, subiu 1,7 ponto, para 90,4 pontos;

Comércio

  • O Índice de Confiança subiu 5,1 pontos no período e atingiu 101 pontos, nível mais alto desde janeiro de 2019 (102,3 pontos);
  • A terceira alta consecutiva do indicador;
  • O crescimento do setor foi influenciado principalmente pelo Índice de Expectativas, que teve alta de 5,6 pontos e chegou a 93,2 pontos;
  • O Índice de Situação Atual subiu 4,5 pontos para 108,7 pontos, maior valor desde dezembro de 2010 (110,2 pontos).

“A aceleração do programa de vacinação, a continuidade na flexibilização de algumas medidas restritivas parecem estar influenciando positivamente no humor dos empresários”, avaliou Rodolpho Tobler, economista do FGV IBRE. Apesar disso, há ainda alguma preocupação com as variantes e um novo recrudescimento da pandemia no país.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.