Document
PATROCINADORES

Confiança da Construção alcança maior nível desde 2014

O Índice de Confiança da Construção (ICST), da FGV IBRE, manteve-se relativamente estável, passando de 0,1 ponto em setembro para 96,4 pontos. A novidade relevante é que foi atingido o maior nível desde fevereiro de 2014 (96,7 pontos). Na média móvel trimestral, o índice subiu pelo quarto mês consecutivo, desta vez com alta de 1,3 ponto.

“Depois de quatro meses de crescimento contínuo, em setembro, a expectativa de melhora da demanda foi corrigida para baixo, sob efeito da elevação das taxas de juros do crédito imobiliário. Ainda assim, a confiança das empresas acomodou num patamar mais favorável desde 2014 por uma ligeira melhora da percepção sobre à situação corrente. O Indicador de Evolução Recente da atividade alcançou o melhor resultado desde dezembro de 2012. Ou seja, a retomada da atividade ganha força na percepção empresarial, mas diminui o otimismo com a continuidade desse ciclo”, observou Ana Maria Castelo, Coordenadora de Projetos da Construção do FGV IBRE. 

A acomodação do ICST no mês foi resultado de uma compensação de sinais opostos. Houve melhora da avaliação atual, mas queda nas expectativas em relação aos próximos meses. O Índice de Situação Atual (ISA-CST) subiu 0,8 ponto, para 92,7 pontos, maior nível desde agosto de 2014 (93,0 pontos). Enquanto, o Índice de Expectativas (IE-CST) recuou 0,7 ponto, para 100,2 pontos, nível neutro.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.