Document
PATROCINADORES

Comércio entre Brasil e Estados Unidos tem queda de 25% no ano

Um levantamento divulgado nesta quarta-feira (14) pelo jornal Valor Econômico aponta que o comércio entre o Brasil e os Estados Unidos, sob impacto da crise do novo coronavírus, caiu ao menor nível em 11 anos. A soma de exportações e importações recuou 25% no acumulado de janeiro a setembro, para US$ 33,4 bilhões. O resultado foi influenciado principalmente pela queda de 31,5% no embarque de produtos nacionais para o mercado norte-americano. A maior fatia (87,2%) é de itens da indústria de transformação, como petróleo e combustíveis derivados. Já a entrada de mercadoria dos EUA no país caiu 18,7%. Diante do cenário, a Câmara Americana de Comércio (Amcham Brasil) projeta um déficit entre US$ 2,4 bilhões e US$ 2,8 bilhões para este ano no comércio bilateral – o maior dos últimos cinco ou seis anos.

Por que é importante

Os Estados Unidos são o segundo maior parceiro comercial do Brasil, atrás apenas da China

Quem ganha

A valorização do dólar frente ao real beneficiou as empresa que conseguiram fazer negócios com os americanos

Quem perde

As companhias nacionais que tiveram embarques cancelados por causa da pandemia

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.