Document
PATROCINADORES

Começa a produção de volumes excedentes no Campo de Búzios

A produção dos volumes excedentes da cessão onerosa do Campo de Búzios, localizado no pré-sal da Bacia de Santos, teve início nesta quarta-feira (1º), em regime de partilha de produção. Segundo a Pré-Sal Petróleo (PPSA), gestora do contrato de partilha de produção, a atividade ocorrerá de forma coparticipada com o contrato de cessão onerosa.

Isso dará à União direito a uma parcela da produção de Búzios pelos próximos 35 anos, ampliando sua arrecadação com a exploração de petróleo no Polígono do Pré-Sal. A estimativa da PPSA é que a produção inicial destinada à União, como excedente em óleo, será em torno de 6 mil barris por dia já nos primeiros meses, aumentando gradualmente ao longo dos anos.

A operadora do Contrato de Partilha de Produção de Búzios é a Petrobras, com participação de 90%, tendo como parceiros as empresas CNODC e CNOOC, com 5%, cada. Além de gerir o contrato de partilha de produção, a PPSA participa diretamente das decisões comerciais e técnicas do consórcio. A empresa comercializará ainda a parcela da produção da União.

(Agência Brasil)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.