Document
PATROCINADORES

BNDES superfaturou financiamentos de obras no exterior

Relatório divulgado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) apontou que o BNDES superfaturou US$ 911 milhões em financiamentos a exportações de empresas brasileiras na área de energia. Companhias como Odebrecht, Andrade Gutierrez, OAS e Camargo Corrêa desembolsaram cerca de US$ 570 milhões sem necessidade de comprovação para construir hidrelétricas, linhas de transmissão de energia na Angola, Moçambique, República Dominicana, Costa Rica e Equador. Segundo relatório do TCU, os financiamentos correspondem a 41,7% do total que o BNDES financiou no período – US$ 2,2 bilhões.

Por que é importante

Muito utilizado para financiar obras em outros países durantes os governos do PT, o BNDES passa por uma série de mudanças. Segundo o presidente do banco, Joaquim Levy, a instituição não financiará mais obras no exterior

Quem ganha

O Tribunal de Contas da União

Quem perde

O BNDES

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.